Afinal, deve-se ou não tosar os animais em estações frias?

10 de junho de 2019
1 Comentário



Sempre que a temperatura cai, os donos de pets nos perguntam se é necessário levar seus bichinhos ao banho e tosa.

Afinal, se está frio para nós, também está frio para eles, não é? Não necessariamente… e vamos falar sobre isso também nesta matéria.

Antes de mais nada, precisamos salientar que, tanto o banho, quanto a tosa, vão além de serem procedimentos meramente estéticos – são, na realidade, uma questão de saúde e bem-estar para os animais.


A função dos pelos

O pelo dos animais serve como isolante térmico, tanto para protegê-los da incidência solar quanto para mantê-los aquecidos no frio.

No inverno, eles produzem um subpelo para ter uma proteção térmica maior. Além disso, nesta época, a troca de pelos também ocorre de forma mais intensa e a pelagem fica mais comprida, o que aumenta a possibilidade de embolo (nós), especialmente se houver uso frequente de roupas.

Não é raro ver peludos com falhas no meio da pelagem em função de tentativas caseiras de remoção desse emaranhado na pelagem. Pelo aumento significativo da quantidade de pelos no inverno, esse desembolo deve ser feito, preferencialmente, por profissionais habilitados, que são treinados para isso e fazem esse trabalho com muito cuidado, sem dor para o animal.


Banho

O banho no inverno continua sendo muito importante! A pele e a pelagem do animal ressecam mais nessa época do ano, o que facilita a proliferação de fungos e bactérias, causando alergias e doenças.

Um outro problema é que, com os pelos mais longos, qualquer chuvinha pode deixar seu pet com aquele cheiro de “cachorro molhado” até o próximo banho.

A melhor solução é sempre levar seu peludo num local especializado, que tenha toda estrutura e suporte para esse dias frios. Bons pet shops têm climatização, água morna, toalhas higienizadas e os melhores produtos para tratar dos pelos na hora do banho.


Tosa

O tempo frio nos levam a crer que não há necessidade de tosar o animal, certo? Errado! Para enfrentar o frio, com manutenção de saúde, a sugestão de médicos veterinários e tosadores é somente reduzir a quantidade de pelos retirados.

Assim, a tosa no inverno não difere muito da que é feita no verão. A diferença são as opções de altura do corte. O ideal é que se retire menos pelo, para que o pet tenha melhores condições de enfrentar o frio.

A popular “tosa higiênica” deve ser feita mesmo em temperaturas baixas, pois o corte nos pelos garante a higiene completa do pet, incluindo o aparamento das unhas, a limpeza nos ouvidos e a escovação da pelagem.

A tosa também é importante para manter os pelos que ficam entre os dedos bem aparados. Umidade nas patas favorece o crescimento de fungos.


Concluindo…

Então, é ou não necessário levar seus bichinhos ao pet shop no inverno?
A resposta é: sim, com certeza!

Não é porque o clima esfriou que você deve deixar de dar banho e tosar seu animal, especialmente em um lugar que está preparado para deixá-lo aquecido e confortável. É só tomar os cuidados que citamos aqui.

O mais importante é o seu peludo estar sempre bem cuidado, durante o ano todo, não é?

Sobre o Autor:
Administrador Site

COMENTÁRIOS:

Manoela
Parabéns Costashow ! Excelente trabalho de vocês ! Empresa maravilhosa .

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Mensagem:
Nome:
Email: