Home > Curiosidades > O que fazer com seus animais domésticos…

O que fazer com seus animais domésticos na quarentena?

9 de abril de 2020
2 Comentários

 

Nesse período de isolamento social, muitas pessoas se perguntam o que podem fazer para aproveitar ao máximo esse tempo extra com seus pets em casa.

Além disso, para patudos acostumados a passeios diários, a orientação de evitar aglomerações e ficar em casa também pode deixá-los agitados e com alguns sintomas de inquietação e ansiedade.

A Costashow separou algumas dicas que vão ajudar você e seus patudos a curtirem juntos essa mudança de rotina e ainda minimizar alguns eventuais problemas comportamentais, acalmando seu pet e estreitando os laços com ele.

Crie novos hábitos que sejam produtivos e também divertidos!

 

  1. Brinque bastante com seu patudo. Ele vai adorar e você também. As brincadeiras também ajudam a gastar a energia acumulada. Isso pode ser feito em qualquer lugar, mesmo que não tenha um espaço muito amplo. Use e abuse de brinquedos.

    Uma boa ideia é brincar de bolinha algumas vezes ao dia. Brincadeiras de esconde-esconde também são muito legais: o tutor se esconde atrás de uma porta, por exemplo, para que o que pet vá procurá-lo. Quando ele o encontra, é uma felicidade só…

    Esconder petiscos pela casa, além de estimular o olfato, também é uma ótima forma de alivar o stress do animal.

  2. Faça muito carinho! Contato físico pode diminuir muito o estresse do seu animal – e o seu. Já que animais não são transmissores da covid-19, abraços e carinhos estão absolutamente liberados!!! Além disso, sentir o amor incondicional que eles sentem por nós é fundamental também, principalmente nesse momento tão difícil.

  3. Que tal escolher um canto gostoso da casa para escovar seu animal? Além de ser relaxante, ainda ajuda na higiene do pelo. E não tenha pressa… aproveite o momento, conversando carinhosamente com ele. Você pode usar uma escova ou uma rasqueadeira… o importante é curtir essa troca de amor.

  4. E as necessidades fisiológicas? Se o seu peludo só faz as necessidades fisiológicas na rua, o passeio não está completamente descartado, mas deve ser feito em menos tempo e em menor frequência, além de evitar completamente o contato com outras pessoas e animais. “A Confederação Regional de Medicina Veterinária do Rio de Janeiro (CRMVRJ) informou em nota que, no período de contenção de coronavírus, a recomendação é que as saídas ao ar livre com os animais de estimação sejam curtas e objetivas, acompanhadas de apenas um responsável, somente para atender às necessidades fisiológicas do animal”.(1)

    Quando voltar da rua, é fundamental higienizar as patinhas do pet. A melhor forma (e a mais eficaz) é mesmo lavar bem com água e sabão, secando muito bem depois. Nada de álcool gel nas patinhas, hein?

  5. Uma outra dica que pode ajudar na ansiedade dos patudos acostumados a passeios diários é esconder a coleira nesse período.

  6.  Treinamento. A quarentena também pode ser um bom momento para treinar ou aperfeiçoar alguns comandos básicos, como “fica”, “senta”, “deita”, “caminha”… Você encontra na internet muitos cursos rápidos e assessoria online com adestradores.

  7.  Muitos Pet Shops de bairro estão com serviço de delivery para você não ficar na mão com ração e medicamentos. A nossa loja virtual também está aberta para que possa comprar todos os produtos necessários para o banho e a tosa, sem que você precise sair de casa. É só acessar nossa loja aqui.

  8. E, para finalizar, que tal também assistir uns filmes com seu AUmigo de 4 patas? Separamos alguns bem legais pra você assistir abraçadinho com seu peludo:

    • “Meu amigo Enzo”,

    • “Marley e Eu”,

    • “4 vidas de um cachorro”,

    • “Bud, o cão amigo”,

    • “Juntos para sempre”,

    • “Um hotel bom para cachorro”,

    • “Bolt, o supercão”,

    • “Cachorro bombeiro”,

    • “A Ilha dos Cachorros”,

    • “Benji” e

    • “Pets: A vida secreta dos Bichos”…

Então, nesse período, não saia de casa!

Aproveite esse tempo extra para ficar ainda mais próximo desses bichinhos amorosos que tanto nos ajudam e fazem tão bem para nossa saúde mental.

A vida é muito melhor com eles, não é mesmo?




Referências:

(1) Jornal O Globo, 19/03/2020

Sobre o Autor:
Administrador Site

COMENTÁRIOS:

Mario AUGUSTO
MUITO bom
Administrador Site
Agradecemos o feedback! Ficamos felizes :)

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Mensagem:
Nome:
Email: